Podemos revelar que a Rainha do Pop deixou seu selo Interscope depois de quase uma década e está prestes a assinar um contrato de OITO DÍGITOS para retornar à Warner Records – o selo que a ajudou a se tornar uma superstar nos primeiros 25 anos de sua carreira.

A cantora de “Hung Up“, que vendeu mais de 300 milhões de discos em todo o mundo para se tornar a musicista feminina mais vendida de todos os tempos, assinou um contrato de três álbuns em 2011 com a Interscope – lar de artistas como Rolling Stones e U2 – mas recentemente se separou de eles.

Isso significa que ela está na linha de garantir um grande negócio para continuar lançando álbuns ao longo de seus 60 anos, de volta à gravadora onde começou sua incrível carreira musical. A mudança segue o lançamento em 2019 de seu aclamado 14º álbum “Madame X” e a turnê subsequente, que terminou em março.

“Madonna ainda é uma força a ser reconhecida. O fato é que ela vende discos, as pessoas ao redor do mundo a adoram e todas as gravadoras adorariam tê-la em seus livros. Agora que seu contrato com a Interscope chegou ao fim, ela é uma agente livre e pode escolher para onde ir a seguir – e a Warner se sente o melhor lugar dada sua história.

Mas Madonna tem um preço alto. Ela pode comandar muito dinheiro e quer ter certeza de que qualquer acordo que ela assine seja o melhor para ela e sua música. ”

A estrela deve retornar às paradas na sexta-feira como uma artista destacada no novo single de Dua Lipa, “Levitating“, junto com Missy Elliott, ambas assinadas com a Warner.

Como um dos maiores e melhores personagens da música, vamos torcer para que ela não demore muito antes de retornar com mais músicas próprias.

Você pode conferir o texto original clicando aqui!

Tradução RainhaMadonna