Começaram a circular rumores sobre uma possível colaboração entre a cantora pop britânica Dua Lipa e Madonna no início deste ano, quando o empresário de Dua Lipa apresentou a ideia em uma entrevista. Lipa citou a Rainha do Pop como inspiração para seu segundo álbum, “Future Nostalgia“, uma coleção de músicas estonteantes de pista de dança inspiradas em disco, house e funk, indo direto à fonte do single principal de “Club Future Nostalgia“, seu próximo álbum de remixes, parece uma linha natural.

Remixado pela DJ e produtora Blessed Madonna (ex-Black Madonna), que também ajudou a curar e mixar o álbum inteiro, “Levitating” encontra Lipa trocando versos com Madame X e a colega dobradora de gênero Missy Elliott, cuja marca dos primeiros anos é hip-hop, e tornou-se famosa por confundir os limites entre rap, R&B e dança. A faixa foi completamente transformada de um earworm pop-funk midtime em uma uma joia eletro-disco elegante digna de Moroder ou Cerrone.

Além de alguns de seus tiques vocais habituais, incluindo um “yeah, yeah, yeah” bem ao estilo Jody Watley, a voz de Madonna é quase tão irreconhecível quanto a própria música, vibrando sem esforço em cima de um cenário nítido de palmas e baixo agitado, enquanto Missy ostenta sua versatilidade meio cantando e meio fazendo rap em um verso #NSFW esperado.

Leia em inglês clicando aqui. Tradução RainhaMadonna