A Disco Punisher, conhecida por dar cursos sobre cultura pop, irá oferecer este mês um curso sobre a Rainha do Pop, coincidindo com as celebrações de seu aniversário!

Madonna é a artista pop feminina mais importante do século 20. Como um Galileu contemporâneo, ela revolucionou a cultura global de maneira tão profunda que talvez seja possível afirmar vivermos na era pós-Madonna, a artista que passou do vinil ao streaming sem perder sua influência e relevância.

É justamente esse grandioso e inegável histórico que o curso “Madonna Explícita” busca investigar. Orientado pelo filósofo e pesquisador Ali Prando, e inspirado pelo famoso “Madonna Studies”, programa oferecido por universidades ao redor do mundo nos anos 1990, o projeto brasileiro mergulha no extenso conglomerado estético de Madonna através de lentes fornecidas por Judith Butler, Gayle Rubin, Achille Mbembe e Michel Foucault, caminhando a pensar pós-feminismo, políticas de gênero e (des)identidade.

Considerada mestre na arte de se reinventar, Madonna criou produtos culturais embalados por uma falsa sensação de simplicidade, oferecendo novas e complexas perspectivas sobre sexualidade, identidade, religião e política nessas mais de quatro décadas de carreira. Agora sexagenária, ela permanece inigualável enquanto todos os seus pares, grandiosos artistas do star system pop do século 20, já não estão mais entre nós: Prince, Michael Jackson, David Bowie, Whitney Houston e tantos outros.

“Não é exagero dizer que vivemos na era pós-Madonna. Ela misturou o profano e o sagrado, criou o que entendemos como videoclipe, uma das formas de arte mais populares até hoje, mesmo na era do Instagram e do Tik Tok. Nos influenciou tão profundamente que podemos ver seus sinais na moda, descobrindo estilistas no auge de sua criatividade das ‘wannabes’ (garotas que se vestiam como Madonna) nos anos 1980 até os sutiãs cônicos de Gaultier, passando ainda por tendências esportivas como yoga, parkour e slackline. Na música, como quando surfou na onda da New Wave ou popularizou a música eletrônica nos anos 1990, e mais recentemente a PC Music”, diz Prando.

Enquanto entertainer e storyteller, através de seus discos, turnês e performances avassaladoras, ela emancipou as mulheres e criou diálogos intermináveis dentro dos feminismos, posicionou-se na linha de frente em defesa das pessoas LGBTQIA+ quando ‘pink money’ não era pauta, criou imaginários inter-raciais no assombroso Estados Unidos governado por Reagan, e desafiou líderes políticos, do Papa a George Bush, de Marine Le Pen a Putin e Trump.

“Madonna libertou as mulheres e pessoas LGBTs como nenhum outro artista pop teve coragem de fazer: no decorrer de sua carreira, tratou seu próprio corpo como uma tela reeditável e permitiu que diversos colaboradores lhe dessem seus ‘toques mágico’ — e é justamente assim que podemos compreender o processo de expressão de identidade no contemporâneo”, aponta o pesquisador.

Entre seus talentos, destacam-se a sua habilidade atlética — esse corpo tecnoperformativo que se moldou (e moldou tantos outros) resistindo ao tempo — e a sua curadoria de arte ou habilidade de promover agenciamentos estéticos. Através de diferentes linguagens artísticas, como música, cinema, happening, moda e artes visuais, Madonna moldou nosso zeitgeist cultural junto dos maiores produtores, designers, estilistas e fotógrafos, muitas vezes antes mesmo deles acessarem os circuitos mainstream de produção. Não à toa, seu trabalho e estratégias são estudados em cursos de arte, publicidade e comunicação ao redor do mundo, valorizando sua capacidade de criar colaborações com artistas das mais diversas áreas sem esquecer a sua própria assinatura.

Madonna Explícita” acontece nos dias 11, 13, 18 e 20 de agosto, terças e quintas, das 19h30 às 21h30, com transmissões através do Zoom. As inscrições são através da Sympla, R$ 100.

  • Encontro 1 — O voyeurismo é pop
  • Encontro 2 — Procura-se Butler desesperadamente
  • Encontro 3 — O Complexo de Medusa
  • Encontro 4 — Na cama com Che Guevara

Você pode fazer sua inscrição clicando aqui! Para mais informações, basta enviar um e-mail para thediscopunisher@gmail.com!

Agradecemos nossa amiga Mônica Silva pela dica <3