Seu concerto foi uma mistura elegante de músicas de seu mais recente álbum de estúdio, “Madame X”, juntamente com seus sucessos como “Express Yourself“, “Vogue“, “Papa Don’t Preach“, “American Life” e “La Isla Bonita.” É evidente que sua música ainda seja muito relevante na cena musical de hoje, pois ela serviu como influência para inúmeros artistas que seguiram seu precedente e ambição.

Igualmente brilhantes foram seus clássicos “Frozen” e “Like a Prayer“. Ela prova que tem uma das vozes mais versáteis e ricas em mel da história da música. Não é de se admirar que ela seja a artista feminina mais bem sucedida de todos os tempos.

No geral, Madonna fez o maior show ao vivo de uma artista feminina em 2019, e este ano ela fez no no teatro BAM Howard Gilman Opera House, no Brooklyn. Valeu cada centavo do caríssimo ingresso, porque ela foi capaz de transportar seus fãs para diferentes reinos.

Madonna é uma verdadeira estilista de canções, visionária e uma excelente artista. A produção do “Madame X” foi excelente do começo ao fim, e uma delas ficará encharcada em um amplo espectro de emoções cruas. O trono pop ainda pertence a ela.